VAI TIRAR 4 PONTOS POR IR CORRENDO PARA A RUA

multa
Está claro que temos uma confusão de homens gordos com o tema dos atletas e as normas de circulação. É claro que é especialmente grave na questão dos ciclistas. São milhares os condutores que realmente não têm a menor idéia das atualizações que houve no código de circulação sobre como ultrapassar um ciclista, como agir quando um grupo deles entra em uma rotatória, ou se eles podem ou não (e quando) circular em paralelo.
Mas parece que também no caso dos corredores, há confusão. Há uma semana pudemos ler na “La Voz de Galicia” o caso do coruñés João Carlos Costa, que foi autuado pelos agentes quando praticava atletismo. O valor que pagou pela infração e que a Polícia Local qualifica de “grave” é de 100 euros. O motivo da punição é “correr para o meio da calçada e ignorar os sinais dos agentes”. A própria multa colete que Juan Carlos foi avisado por “não respeitar os sinais dos agentes que regulam a circulação”.
O estranho da situação é que os agentes lhe restaran 4 pontos da carta de condução, uma vez que apenas se podem perder quando a infração for cometida dirigindo um veículo a motor e com o cartão em vigor. A legislação de segurança viária no que diz respeito aos pontos é bastante clara: “A perda de pontos somente ocorrerá quando o fato, do qual deriva a desconto de pontos ocorre por ocasião da condução de um veículo para o qual é exigida a autorização administrativa para dirigir”. Portanto, o máximo que poderia acontecer é que o corredor fora sancionado economicamente por não fazer caso o sinal dos agentes.
“La Voz de Galicia” contava que a briga entre os agentes e João Carlos aconteceu em “avenida Montoto, na Marina, no coração do centro da cidade de A Coruña, uma área em que se mudou recentemente a distribuição do tráfego por causa de algumas obras e que ficou uma larga média, que divide a calçada e que, provavelmente, corria o homem tentando atravessar no meio do intenso tráfego”.
É claro que os atletas não temos nenhum privilégio especial para não cumprir as regras de trânsito quando corremos, montamos em bicicleta ou patinamos, mas seria bom que a Direcção-Geral de Viação fazer um esforço especial para difundir as normas e as suas consequências, porque o que você vê nem os agentes têm claro.

@franchicosport

Leave a Reply